Chatbots economizarão bilhões no setor bancário

Um novo estudo apresentado pela Juniper Research indicou que a economia com custos operacionais com a utilização de chatbots por bancos chegará aos US$ 7.3 bilhões em 2023, superando a estimativa de US$209 milhões em 2019. Isso representa uma economia de tempo para os bancos de cerca de 862 milhões de horas até 2023, o equivalente a aproximadamente meio milhão de anos trabalhados.

 

De acordo com a nova pesquisa – “AI in Fintechs: Roboadvisors, Lending, Insurtech & Regtech 2019-2023” – os chatbots podem reduzir excessos em custos operacionais em serviços financeiros, resolvendo solicitações de clientes de forma completamente automatizada. Conforme o NLP (Processamento de Linguagem Natural) evolui e os sistemas de IA recebem maior especialização, os chatbots têm demonstrado um histórico comprovado de entrega de serviços sem interrupções, o que levará instituições financeiras inicialmente céticas a adotarem a ferramenta. Isso se reflete em um crescimento de cerca de 3.150% nas interações bem-sucedida de chatbots bancários entre 2019 e 2023.

 

Chatbots estão dominando os apps bancários

 

A integração de chatbots em aplicativos móveis de bancos se tornará o principal canal para comunicação com clientes orientadas por bots, responsável por 79% das interações bem-sucedidas em 2023. Essa dominância se dará por diversas razões, principalmente pela crescente preferência dos usuários por apps bancários, assim como pela boa performance de alguns chatbots bancários.

 

O autor da pesquisa, Nick Maynard, explica: “Os chatbots no setor bancário possibilitam um atendimento ao cliente totalmente automatizado de forma altamente escalável. Esse tipo de desenvolvimento pode ser crucial na transformação digital, permitindo que bancos já bem estabelecidos concorram com bancos mais desafiadores”.

 

Avaliação de sinistros revolucionada pela IA

 

A pesquisa descobriu, também, que a Inteligência Artificial – incluindo chatbots – terá um impacto altamente disruptivo no gerenciamento de reivindicações de seguro, levando a uma economia de cerca de US$1.3 bilhões até 2023, entre seguros automotivos, de vida, de saúde e de propriedades – superando a marca de US$300 milhões em 2019.

 

Os chatbots são capazes de automatizar a coleta de dados pós-sinistro, utilizando a Inteligência Artificial para analizar detalhes e imagens fornecidas usando visão computacional. Esses métodos não somente irão economizar dinheiro para as seguradoras, como também irão reduzir o tempo do processo de reivindicação de seguro, melhorando a fidelidade do cliente. 

 

Texto traduzido, originalmente postado em Juniper Research.

WhatsApp chat