Chatbots e a otimização do RH

Nos últimos dois anos, os chatbots passaram a estrelar nos setores de atendimento ao cliente das organizações, se destacando por trazerem agilidade e assertividade na resolução de dúvidas e em atividades repetitivas. Agora eles estão ganhando espaço também no setor de recursos humanos.

Os chatbots, softwares de conversação automatizada que simulam o diálogo humano, estão em constante desenvolvimento, tornando-se cada vez mais inteligente com o uso de técnicas de inteligência artificial e machine learning. E conforme evoluem, são capazes de atuar em diversas áreas dentro de uma organização, automatizando processos e otimizando tarefas.

No setor de recursos humanos não poderia ser diferente. É possível desenvolver um chatbot para desempenhar inúmeras atividades relacionadas à área, como realizar entrevistas de emprego, fornecer informações relacionadas a benefícios ou auxiliar na comunicação interna da empresa.

Chatbots na linha de frente do recrutamento

Por serem programas de computador, os chatbots oferecem um certo nível de conforto para os candidatos a vagas de trabalho. É normal que as pessoas se sintam nervosas durante uma entrevista de emprego cara-a-cara, porque sabem que estarão sendo julgadas a todo momento – seja por sua aparência, seu humor ou sua linguagem corporal. E os chatbots são uma ótima alternativa para um primeiro contato com os candidatos.

O aplicante poderá realizar uma primeira entrevista através de uma conversa com um chatbot do conforto de sua casa, a qualquer hora do dia ou da noite. O bot se encarregará de fazer perguntas relevantes relacionadas à vaga para a qual a pessoa está se candidatando e identificar candidatos que se enquadram nos parâmetros de salário, localidade, horários e, até mesmo, registrar informações que possam ser interessantes aos recrutadores.

Após esta primeira seleção, os recrutadores podem utilizar os dados obtidos na conversa com o bot para selecionar candidatos para uma próxima etapa, como uma entrevista pessoalmente ou uma dinâmica em grupo.

Informações a qualquer momento

Os bots também otimizam o tempo dos trabalhadores do setor RH ao fornecerem informações básicas que são solicitadas recorrentemente. Por diversas vezes os colaboradores de uma organização possuem dúvidas quanto ao pagamento de seus benefícios – como vale transporte e vale refeição – próximos feriados, férias, participação em lucros ou plano de saúde.

O colaborador pode entrar em contato com o bot a qualquer hora do dia ou da noite, de casa ou do trabalho, e obter rapidamente as informações que necessita. Em alguns casos, o colaborador pode se sentir um pouco relutante para solicitar alguma dessas informações a um superior. Com um chatbot essa barreira é quebrada e os funcionários têm fácil acesso à solução de suas dúvidas.

A rapidez no fornecimento de informações e na solução de questões práticas traz um aspecto bastante humano, mesmo que para um programa de computador: demonstra respeito da empresa para com seus colaboradores.

Bot podem receber os feedbacks dos funcionários

Outra tarefa que pode ficar sob os cuidados de um chatbot é o recebimento de feedback de seus funcionários. Muitas companhias realizam pesquisas de satisfação e formulários de feedback uma vez por ano, geralmente ao final do ano. Dessa forma, muitos problemas do cotidiano podem passar batido, sem o conhecimento de seus superiores e sem uma solução adequada em tempo hábil.

Um chatbot que periodicamente entre em contato com os colaboradores da empresa para verificar se há algum problema ou reclamação, ou que esteja sempre apto a receber este tipo de feedback, facilita não somente o trabalho do RH, mas de toda a companhia.

Um novo canal para a comunicação interna

Empresas de grande porte, com um elevado número de funcionários, pode encontrar muita dificuldade em transmitir notificações a todo o seu quadro de colaboradores no tempo certo. Algumas optam por murais físicos onde as informações são afixadas, outras por envio de e-mails ou, ainda, um sistema interno de radiocomunicação.

Os chatbots podem configurar um novo canal para a comunicação interna das empresas. Além de eficientes e de fácil acesso, os bots são diretos e imparciais. Eles podem distribuir informações e dados e acolher as demandas dos funcionários de forma amigável, tornando a relação com o setor de RH ainda mais humanizada.

São inúmeras as formas como um chatbot pode auxiliar o público interno de uma organização e o setor de recursos humanos é apenas um exemplo de implementação dessa nova tecnologia. A produtividade e eficiência dos departamentos de RH das organizações podem aumentar significativamente com a adoção de um chatbot para automatizar tarefas repetitivas e dar uma maior atenção aos colaboradores. Com isso, os responsáveis pelo RH podem dedicar seu tempo a tarefas mais complexas e que exijam a mediação humana.

Conforme a tecnologia evolui, os bots vão assumindo cada vez mais tarefas dentro dos ambientes corporativos e se tornando verdadeiros colegas de trabalho.