Funil de vendas com chatbot – como usar a automatização para vender mais

Os chatbots já são uma realidade nas empresas e no dia a dia das pessoas. Resolver as demandas entre marcas e consumidores com agilidade deixou de ser um diferencial e se tornou essencial.

No entanto, as pessoas ainda imaginam que o uso dos chatbots é restrito ao atendimento ao cliente. Porém, eles podem ir muito além, ajudando em todo o processo de vendas.

Funil de vendas

De acordo com o Mapa do Ecossistema brasileiro de Bots 2021, da Mobile Time, 65% dos chatbots desenvolvidos no ano tiveram a finalidade de atuar no atendimento.

No entanto, as demais finalidades vem ganhando cada vez mais espaço no mercado, confira:

  • Apoio ao backoffice: 8%
  • Cobrança: 7%
  • Vendas: 6%
  • Marketing: 3%
  • Outros: 11%

Como nós podemos ver nos dados acima, apenas 6% dos chatbots desenvolvidos são utilizados no processo de vendas. No entanto, o potencial é enorme e o mercado deixa cada vez mais espaço para esse tipo de transação.

De acordo com a pesquisa mais recente realizada pela Juniper Research, as transações realizadas por chatbots deverão gerar uma receita de $112 Bilhões para o setor varejista até o próximo ano. 

Ou seja, para quem deseja se manter relevante no mercado precisa conhecer a fundo como funciona um funil de vendas com chatbot.

 

Chatbots para vendas: porquê aderir?

A pesquisa citada acima nos deixa claro o quanto a Inteligência Artificial deve impactar nas vendas até 2023. Por si só, essa informação já deveria movimentar quem está em busca de melhorias no processo. Porém, ainda existem outros fatores que tornam essa transformação indispensável:

 

Comércio conversacional

Você já imaginou realizar uma compra digital através de uma conversa? Ao invés de interagir com uma interface do e-commerce, você vai literalmente, conversando com alguém e realizando a sua compra. 

Leia também: Comércio conversacional – como será o futuro das vendas

Esse tipo de venda vem se tornando cada vez mais popular, e para que as empresas possam dar conta do volume de consumidores é preciso investir na automatização.

 

Comércio alternativo

Essa modalidade vem surgindo como uma forte tendência e já está sendo discutida em outros países. No Retail Trends 2022 apresentado por Kate Ancketill, ela fala sobre as opções alternativas de comércio. Dentre os exemplos estão vendas realizadas diretamente por redes sociais e até mesmo por jogos.

 

Metaverso

Apresentado pelo CEO da Meta, Mark Zuckerberg, no final de 2021 como uma grande tendência para os próximos anos, o Metaverso também deve impactar no varejo.

Em um movimento muito próximo ao do comércio alternativo, o mundo virtual gera grandes expectativas para o comércio eletrônico no geral.

Leia também: Metaverso – O que é e como impacta a experiência do consumidor

O futuro do comércio digital deixa claro: a Inteligência artificial vai fazer cada vez mais parte dos processos de venda. Ou seja, é melhor começar logo!

 

Quais são as vantagens de usar chatbot no funil de vendas?

Antes de mais nada precisamos ver quais são as etapas do funil e como funciona cada uma delas.

  • Atrair
  • Converter
  • Fechar
  • Encantar

 

Atrair

Esta é a primeira etapa do funil de vendas, onde sua empresa vai, literalmente, atrair seus possíveis clientes. Independente do negócio ser B2B, B2C, ter ticket médio baixo ou alto, todas as empresas dependem do sucesso dessa etapa.

É nela que o consumidor vai conhecer a sua marca e possivelmente se deparar com um problema que precisa ser resolvido.

 

Converter

O consumidor já chegou até a sua empresa, percebeu que tinha um problema que vocês podem resolver. Agora é o momento em que ele vai se tornar um lead. Ou seja, ele vai informar os seus dados para continuar conversando com a marca.

 

Fechar

Após a primeira conversão, onde o visitante se tornou um lead, é o momento de fechar o negócio. Nessa etapa, já no fundo do funil, é preciso ser extremamente ágil e solicito para não perder o lead.

 

Encantar

Muitas pessoas pensam que quando a compra é realizada o funil de vendas termina. Mas não é bem por aí. Para o cliente ser fiel a uma marca ou então seguir o contrato e ainda realizar upsells, ele precisa ser encantado por ela

Isso acontece no pós-vendas, onde tudo que o cliente precisa tem que ser resolvido com máxima agilidade, assertividade e empatia.

 

Se você está se perguntando como os chatbots podem ajudar nesse jornada, confira abaixo!

 

O papel dos chatbots

Os bots podem (e devem) atuar em cada etapa do funil de vendas. Lembra o que falamos sobre o futuro das vendas? A tendência é que elas aconteçam de forma cada vez mais conversacional, e o apoio da IA é fundamental.

 

Topo e meio de funil

Seu time de marketing realizou uma ação promocional e atraiu diversos visitantes para o site da empresa. Agora a missão é mostrar que aquela pessoa tem um problema e que a sua marca pode resolver.

Você já pensou em fazer isso de forma conversacional? Ao invés de enviar para o prospect um texto ou e-mail, já iniciar um bate papo por ali mesmo.

O bot pode conduzir a conversa, extraindo da pessoa as informações necessárias para realizar uma abordagem totalmente personalizada. Falando sobre a dor dela em específico e como a empresa pode ajudá-la.

 

E na hora da conversão?

O ideal é seguir na mesma conversa, e ir solicitando os dados do lead de forma totalmente fluida.

Os exemplos acima podem facilmente ser utilizados por empresas B2B, mas quando falamos em varejo, é possível fazer um caminho bem parecido.

chatbot Ben

É isso que chatbot Ben, da Rede de Farmácias Panvel faz. Ele conduz todo o processo de compras dos clientes através de uma conversa, onde vai auxiliando em questões como:

 

  • Valor do frete;
  • Quantidade;
  • Prazo de entrega;

E ele realiza até mesmo a finalização da compra. Ah, e tudo isso através do Facebook Messenger, canal preferido dos consumidores da marca.

Clique aqui para conhecer melhor o case.

 

Fundo de funil

Chegou a hora de fechar o negócio, mas ainda existem muitos fatores que podem atrapalhar as vendas. Como:

  • Dificuldade na hora de realizar o processo;
  • Não poder dar andamento no canal que gostaria;
  • Falta de informações importantes.

Por isso contar com a ajuda de um chatbot nessa etapa é um diferencial. Um dos nossos clientes aumentou em 400% o fechamento de novos negócios com a implementação de uma estratégia de vendas no WhatsApp.

Ou seja, além de contar com a ajuda do chatbot, a empresa também realiza a operação de vendas no canal preferido dos seus clientes.

Clique aqui para conhecer o case.

 

Pós-vendas

Quando o cliente tem algum problema após realizar a compra, resolver isso com agilidade pode reverter a situação. Agora quando o consumidor se depara com situações como:

  • Tentar ligar para a empresa e ninguém atende;
  • Não obtém resposta nos canais digitais;
  • Cada interação leva dias para acontecer;
  • A marca não está presente nos seus canais preferidos.

Situações como essa fazem qualquer cliente perder a confiança na marca. Por isso, para encantar os consumidores o ideal é contar com a ajuda da automatização. 

Desta forma você consegue responder todos os clientes de forma imediata, resolvendo a demanda deles em poucos minutos. 

Funil de vendas com chatbot - como usar a automatização para vender mais

A chatbot Mari, por exemplo, ajuda os clientes do Agi a resolverem todas suas demandas. Ela gera uma economia de R$1 Milhão por mês para o banco e conta com uma avaliação de atendimento excelente.

Clique aqui para conhecer o case.

 

E aí, o que você achou do conteúdo? Quer implementar um chatbot no funil de vendas da sua empresa? Conte com a ajuda dos nossos especialistas, basta clicar aqui.

 

Preencha o formulário para que possamos entrar em contato com você!