WhatsApp Pay: O que muda na experiência do usuário

10/05/2021
WhatsApp Pay: O que muda na experiência do usuário

O WhatsApp Pay chega para consolidar o App como um canal de vendas. Saiba como a nova funcionalidade pode transformar a experiência do consumidor, e mais algumas dicas para ter um relacionamento digital através do canal.

O WhatsApp liberou recentemente uma das funcionalidades mais aguardadas, desde o seu anúncio no último ano. Efetuar pagamentos através do canal irá facilitar a vida de pessoas e empresas, ajudando a estreitar o relacionamento entre eles.

Se você tem dúvidas sobre a nova funcionalidade, neste texto você irá ver:

  • A importância de atender seus clientes pelo WhatsApp Business
  • WhatsApp como canal de vendas
  • WhatsApp Pay
  • WhatsApp Pay para pessoa física
  • WhatsApp Pay para empresas
  • Dicas para melhorar a experiência dos clientes no canal
  • Atendimento automatizado no WhatsApp
  • Atendimento humano no WhatsApp

 

Ter um excelente relacionamento digital com os consumidores é cada vez mais importante para o sucesso de uma empresa. É preciso estar disponível nos canais corretos, que ofereçam praticidade no dia a dia das pessoas, além de estar constantemente em busca de aperfeiçoar a experiência dos seus consumidores.

Nessa busca por excelência no atendimento e inserção do meio digital, há alguns anos o WhatsApp se tornou um meio de comunicação eficaz entre marcas e consumidores. Com cerca de 2 bilhões de usuários em 160 países, o app já possui 120 milhões só no Brasil. 

A transformação que começou no último ano, deu início a uma corrida para digitalizar todas as operações. Gigantes de diversos setores se viram obrigados a encontrar soluções para continuar a se relacionar com os seus clientes. Com isso, o uso do app cresceu 40% em março de 2020, mês em que iniciou a quarentena no Brasil (dados da consultoria Kantar). 

Com as portas fechadas, muitos empresários viram no WhatsApp Business uma saída para seguir entregando uma experiência de atendimento próxima e humanizada. Além de fortalecer o relacionamento entre marcas e pessoas, o app foi descoberto como um importante canal de vendas. 

Para que a venda possa acontecer do início ao fim através do canal, o WhatsApp anunciou o lançamento do WhatsApp Pay.

 

WhatsApp Pay: como funciona

Atendimento via WhatsApp

A funcionalidade, que já havia sido anunciada no último ano, não foi aprovada pelo Banco Central na ocasião. No último dia 4, a função de pagamento no aplicativo foi liberada para pessoas físicas, permitindo que os usuários transfiram dinheiro dentro da plataforma. 

Após anunciar a nova funcionalidade, a empresa detalhou que o serviço será habilitado para usuários que possuem cartões de débito ou pré-pago, não será possível utilizar cartões somente de crédito para fazer as transferências, outra opção que a plataforma permite são os chamados cartões combo, com débito e crédito. 

Cada transação poderá ter até R$1.000,00, com limite mensal de R$5.000,00, além disso, é possível realizar até 20 transações por dia.  O uso do WhatsApp Pay não implica nenhum tipo de custo para o usuário.

Para utilizar a funcionalidade você precisa ter mais de 18 anos e possuir uma conta em um dos bancos listados abaixo:

  • Banco do Brasil
  • Banco Inter
  • Bradesco
  • Itaú
  • Mercado Pago
  • Next
  • Nubank
  • Sicredi
  • Woop, a conta digital da Sicredi

 

WhatsApp Pay para empresas

Por enquanto, a ferramenta ainda não está disponível para pessoas jurídicas, mas o WhatsApp citou que os pagamentos para empresas serão ativados no futuro. De acordo com matéria divulgada pela Info Money, para que a novidade fosse liberada, o WhatsApp Pay precisou se cadastrar como um credenciador de pagamento.  

Assim que a modalidade for liberada para empresas, será possível realizar transferência de valores diretamente pelo WhatsApp. Com isso, o canal dará mais um passo importante para otimizar e melhorar a experiência do usuário.

 

WhatsApp como canal de vendas: o que muda com a nova funcionalidade?

Por conta da pandemia, muitos empresários encontraram no WhatsApp um importante aliado para dar seguimento nas vendas. Empresas de diversos portes começaram a utilizar o aplicativo como um canal de vendas. Por conta da acessibilidade que o app confere a todas as pessoas, a novidade foi muito bem aceita pelo público.

No entanto, por mais que a experiência seja agilizada e facilitada, ainda existe uma barreira na interação: o pagamento. Até então, o aplicativo não possuía nenhuma modalidade de pagamento. Por isso, com esse lançamento, será possível realizar toda a operação de compra diretamente pelo WhatsApp, unificando a experiência do consumidor.

Você já utiliza o WhatsApp como um canal de relacionamento digital? Abaixo nós compartilhamos algumas dicas para melhorar a interação com o usuário através do aplicativo.

 

Como melhorar a experiência dos consumidores através do WhatsApp

Muitas pessoas acreditam que basta estar presente no canal para estreitar o relacionamento com o consumidor. Mas na verdade, existem alguns erros que podem comprometer toda a experiência. Confira alguns deles:

  • Não ter um planejamento: O WhatsApp é um canal muito usado pelas pessoas para uma interação mais rápida. Por isso, é necessário um planejamento prévio para que as empresas se comuniquem da melhor forma com seus clientes através da ferramenta. Para obter sucesso na sua estratégia, não deixe de definir objetivos, metas e métricas a serem analisadas.
  • Linguagem errada: Uma das principais vantagens que o app tem, é a proximidade que ele confere entre as marcas e os clientes. Mas é preciso ter muito cuidado na hora de estabelecer o tom de voz que será usado na sua comunicação no canal. Informalidade excessiva nunca é vista com bons olhos pelos consumidores, por isso  não se deve tratar o WhatsApp como um e-mail, por exemplo. O importante é saber exatamente o tipo de linguagem que o seu público aceita melhor, e cuidar para não cometer exageros.
  • Não analisar as métricas do seu atendimento: Como falamos acima sobre o planejamento, aqui trazemos um dos erros mais comuns: não analisar as métricas do canal. 

A comunicação através do WhatsApp pode acontecer tanto de forma automatizada, quanto através de atendentes humanos. Confira quais são as melhores práticas de relacionamento.

 

Relacionamento automatizado no WhatsApp

O relacionamento no WhatsApp pode acontecer de forma automatizada com a ajuda de um chatbotAs principais vantagens são:

  • Agilidade no atendimento: O bot responde o seu cliente imediatamente, seguindo o atendimento com respostas em tempo real, sem deixá-lo esperando.
  • Disponibilidade de horário: O chatbot funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana. Ou seja, seu cliente não precisa aguardar para ser atendido em horário comercial.
  • Volume de atendimento: O bot é capaz de lidar com um alto volume de solicitações, realizando atendimentos simultâneos, sem causar filas de espera.
  • Resolução de demandas mais simples sem precisar do atendimento humano: Muitas demandas podem ser realizadas pelo bot sem a necessidade de intervenção humana. Isso garante uma redução nos custos da sua área de atendimento.

Quer saber mais sobre a solução? Fale com um de nossos especialistas.

 

 Atendimento humano no WhatsApp 

O atendimento humano é ideal para resolver demandas mais complexas dos seus clientes. Mas para que isso aconteça de forma ágil e prática, seu time de atendentes precisa dispor de uma ferramenta de atendimento intuitiva e que facilite o trabalho deles.

Confira as principais vantagens:

  • Resolva demandas mais complexas: O atendimento realizado por humanos pode ser dedicado à resolução de demandas mais complexas. Conferindo um alto nível de assistência, e aumentando a satisfação do cliente.
  • Confira um tom mais pessoal ao atendimento: Esse tipo de atendimento costuma ter um tom mais personalizado, deixando o cliente mais à vontade, e consequentemente entregando uma experiência incrível para ele.

 

Quer saber como o WhatsApp pode transformar a sua relação com os consumidores Fale com um de nossos especialistas.

Cadastre-se e receba nossas notícias e atualizações.